domingo, janeiro 13, 2008

Granda maluco! Andas a 50 km/h dentro das cidades??

A questão é já antiga, mas sempre actual. Os novos radares instalados por Lisboa. Confesso que, em muitas ruas desta bonita cidade, já me sentia um tótó, por ter de andar a 50 km/h. Mas a verdade é que essa velocidade vertiginosa, por vezes, me causa calafrios, porque não é fácil andar pela Avenida da república, a tal velocidade. É só para os duros. Quanto mais não seja pelos estrangeiros que por ali passam, que olham e, claro, desmancham-se a rir. Bem, falemos de coisas sérias, pois a conversa já está a descambar para a estupidez.
Um destes dias, estava a ver o jornal da noite, quando surge uma notícia, como costumo chamar "à Socrates". Estaria a equacionar-se alterar a velocidade mínima, dentro das localidades, de 50 km/h para 30 km/h.
Algumas questões me assolaram, desde logo, sendo eu um ser pensante, e com um mínimo de lógica. Em primeiro lugar, fui ver se era carnaval. podia ser uma fantochada. Não era. Em segundo, fui ver no calendário se seria dia das mentiras. por ai igualmente não me safei.
Retiradas as questões prévias, penso que é de toda a justiça colocarem-se as seguintes questões: se for a zarpar com a minha bicicleta e chegar, vá lá, aos 45 km/h, vou de cana, ou apanho uma coima em cima? e se for BMX? é que essas andam como o caraças!
Outra questão importante: E se numa tarde de sol, quiser pegar no meu triciclo e for ali andar pela Avenida de ceuta? Existem radares? É que por vezes, dou por mim a puxar bem pelo triciclo, sou capaz de chegar aos 35 km/h!
AH,ESPEREM. Tinha dito em cima que iamos agora falar de temas sérios, porque isto já estava a descambar para a estupidez...

4 comentários:

F. Penim Redondo disse...

Estamos a deslizar perigosamente para a fase imbecil do fundamentalismo.
Como a prática vem demonstrando que os limites de 50 km/h são inadequados e não são respeitados pela generalidade dos automobilistas toma-se uma medida inteligente: baixa-se de 50 para 30.
Veja mais em: http://radares50-80.blogspot.com/

Anónimo disse...

Ó CAMARADA(deves gostar deste tratamento...militar,entenda-se,dasse!)ainda tens muito que aprender.
Então o juristazeco não percebe que se andarmos todos a 30 km/hora não nos apercebemos da lentidão do nosso querido governo.
E que dizer das eminências pardas/parvas que vão à tv defender que com essa excessiva velocidade os acidentes serão menos graves ? Não há mais espaço

l'emerdeur disse...

o "anónimo" fui eu.

l'emerdeur

Charroco disse...

Ando nesta teia a navegar
Sem rumo na minha embarcação
Deixo o convite para visitar
Uma página com boa disposição

Blog-saudações